sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Deixe



Deixe que eu me descubra
Será a eterna busca da essência própria
Deixe que eu me iluda
Pra que os tombos futuros sejam amenos e escassos
Deixe que eu reclame
A opinião se faz necessária
Deixe que eu sinta
Os sentidos aguçam a alma
Deixe que eu viva
A experiência única e terna lembrança
Deixe!
Apenas... deixe-me!

.

Marco Túlio Carvalho

.

---------------------------------

.

E não deixem de conferir minha coluna "Inspirações":

www.medioparaiba.com.br/inspiracoes

4 comentários:

[ rod ] disse...

Olá meu amigo estou de volta,

Venha conferir o início de tudo.

Venha sentir o gosto dos meus...

Traga também os seus.

O AveSSo dA ViDa agora se chama dogMas.


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Jac C. disse...

É saudável que apenas nos deixe ser o que somos, como somos... parece ser tão simples. Pq complicam?
Beijos.

Chirifulfly disse...

Apenas... deixe-me.

Marcante isto!

Do Jeito Que Eu Sou disse...

maravilhoso...perfeito, simples e profundo....tocante mesmo

grande bju com carinho e admiraçao