quarta-feira, 29 de agosto de 2007


Em cada indelicadeza, assassino um pouco aqueles que me amam.
Em cada desatenção, não sou nem educado, nem cristão.
Em cada olhar de desprezo, alguém termina magoado.
Em cada gesto de impaciência, dou uma bofetada invisível nos que convivem comigo.
Em cada perdão que eu negue, vai um pedaço do meu egoísmo.
Em cada ressentimento, revelo meu amor-próprio ferido.
Em cada palavra áspera que digo, perdi alguns pontos no céu.
Em cada omissão que pratico, rasgo uma folha do evangelho.
Em cada esmola que eu nego, um pobre se afasta mais triste.
Em cada oração que não faço, eu peco.
Em cada juízo maldoso, meu lado mesquinho se aflora.
Em cada fofoca que faço, eu peco contra o silêncio.
Em cada pranto que enxugo, eu torno alguém mais feliz.
Em cada ato de fé, eu canto um hino à vida.
Em cada sorriso que espalho, eu planto alguma esperança.
Em cada espinho, que finco, machuco algum coração.
Em cada espinho que arranco, alguém beijará minha mão.
Em cada rosa que oferto, os anjos dizem: Amém



"O Valor das Pequenas Coisas", Roque Schneider

60 comentários:

Juℓi Ribeiro disse...

Marco:

Como sempre o seu bom gosto
e a sua sensibilidade
se refletem...
Belíssimo texto!

Penso que as coisas
mais importantes
estão nas coisas
mais simples
e menos intencionais.
É nas pequenas delicadezas
e gestos que somos
surpreendidos pela "felicidade"

Um abraço carinhoso.

Rafaela disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Edna Federico disse...

Nossa, que lindo!
Estava precisando ler algo assim hoje.
Beijo

Eärwen Tulcakelumë disse...

Meu vôo hoje, aqui , é para convidar-la para ir ao meu mundo recolher a pérola especial que existe para você.

Com carinho.

Eärwen
30.08.07

A Desafinada :) disse...

"... Em cada ata de fé eu canto um hino à vida."

Bonito hino
Bonita fonte esta sua

Beijos

Jonice disse...

Em cada vez que venho a esta fonte, saio com um sorriso nos olhos...
Beijinhos, Marco!

luz branca disse...

Gostei do seu blog.
Voltarei.
gostei mt do seu comentário sobre o medo no blog O avesso da vida

Girassol disse...

Na vida, tudo funciona naquele esqueminha básico de acção-reacção, por isso, acredito em cada ideia desse texto sem sequer pestanejar.

Beijo,
óptimo fim de semana para ti.

Cin disse...

Que texto mais perfeito é esse?
Bjos e lindo fim de semana!

Carol disse...

Lindo texto, de uma sensibilidade incrível!
um beijo grande!

Amanda disse...

Lindo o texto! Me fez refletir e muito viu! Bom te desejo um excelente final de semana! bj

Ariel disse...

Gosto de voltar aqui pra ler suas linhas que refletem a SABEDORIA.

Beijos
Ariel

Eärwen Tulcakelumë disse...

Em cada vez que te deixo um pérola incandescente pelos belos textos, pelas belas escolhas que fazes,me sinto feliz!!! Como sempre Marco você me encanta.
Agradeço meu amigo o carinho das tuas palavras em meu mundo.

Pérolas incandescentes de inspiração.

Eärwen

o Cronista disse...

olá!
mto obrigado pela indicação, infelizmente estive tds esses dias banido da internet....
consegui acessar hj e postar algumas coisa,
mas agradço desde já a consideração, e o parabaenizo pelas justas indicações tb!
abraços

ps: otimo post!

Vanda disse...

SAUDADES QUE EU TINHA DESTA FONTE SEMPRE CHEIA DE LINDOS POEMAS!!

beijos e bom fim de semana

[P] disse...

É tão bom ler coisas doces e bonitas assim de vez em quando...

Menina do Rio disse...

Em cada espinho que finco, machuco um coração...
em cada sorriso, uma esperança

beijo

R Lima disse...

Se alguem n disse digo eu.. tua grandiosa inteligência de buscar coisas boas ao ler dos que por aqui passam cativam de tão sábia..

Posso só roubar essa?

"Em cada ressentimento, revelo meu amor-próprio ferido..."

Grande Abç amigo...



[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Edna Federico disse...

Oi, tem convite pra você lá no blog.
Beijo

Edna Federico disse...

Marco, eu vi no seu blog que você é de Volta Redonda, coloquei Rio pra ser mais abrangente, mas mesmo assim vou adorar conhecer suas preferências.
Qto ao Museu da Língua Portuguesa, como você e Como Ninguém lembraram, ele não foi esquecido, é que tive que optar...coloquei somente sete e vários pontos que gosto ficaram de fora, inclusive ele.
Beijo

Vanda disse...

para uma alma de poeta deixo aqui um poema que gosto muito:

"É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.

É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer."

Eugénio de Andrade

lyS disse...

Lindo, lindo, lindo!!!!!
Simples e intenso, o fundo musical é perfeito. Era isso que eu precisa ler e ouvir hoje, obrigada.
Beijo

Um Momento disse...

Olá...
Reparei que ainda ñ foste a minha casinha
:)
Deixei lá algo para ti
http://somomentos.blogspot.com/2007/08/certificado-blog.html

Beijo de noite serena
(*)

hashmalim disse...

AMEM,

é FORTE o significado dessa pequena palavra:

Volta para qualquer pessoa o tudo que me desejam!

A PASSIVIDADE e os atos de caprichos sentimentais, são eles a causa de toda ruina...

Na PASSIVIDADE, mora a confiança em pessoas que não merecem confiança...DAI NASCE OS ABUSOS de confiança...aquele que destroi em semanas o que foi construido em anos!

...

Grande Abraço pra você caro amigo.

Roberta disse...

Adorei isso aqui!!! Muita sensibilidade no ar... faz um bem!!!
Essa musiquinha ajuda também, hein?? Boaaa...
Bjs

Danilo Moreira disse...

Lindo, simplesmente, lindo!!! Ralmente plantamos aquilo que colhemos, e para cada ação há sempre uma reação, sempre proporcial àquilo que fazemos ao outros e a nós mesmos.

Abraços!!!!

-----------------------------------
http://emlinhas.blogspot.com/

EM LINHAS...
Quando as palavras se tornam o nosso mais precioso divã.

Novo texto: Delírio nº4
-----------------------------------

Cin disse...

Sumiu de novo né?
Saudades, espero que esteja tudo bem ai.
Bjinhos!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Para além de bonito estes pensamentos obrigam-nos a uma reflexão e até mesmo a uma introspecçõa. Parecem coisas triviais mas não são. No nosso dia a dia, marcado pela falta de vida de certas pressões quotidianas, acontece que perdemos, por vezes, o sentido das pequenas coisas. E são as pequenas coisas que nos definem. Muito mais que as grandes. É que para as grandes nós pomos a máscara e a couraça enquanto nas pequenas nos revelamos tal como somos.

Cris Penha disse...

Leitura certa para uma hora certíssima!!

Me sinto mais anima depois desse belo texto.

Muito bom passar por aqui!

MUTUMUTUM disse...

Lindo poema. Tenho uns poeminhas no meu blog tbm... hehehehehe... mas não sei se vai curtir o/

Abraços o/

Vanda disse...

por onde anda o sr desta fonte!?

Poemas e Cotidiano disse...

Marco,
Que lindo escrito!
Nos encontramos um pouco em cada frase.
Sempre devemos dar e semear o melhor de nos.
Um beijo e um otimo fim de semana
Mary

Gabriela Souza Gomes disse...

Pequenas coisas que nos fazem grandes, assim.

Muito bom!

CeiSa disse...

Nossa...

Lindo texto...
Linda imagem!

Penso que a gente se perde nos detalhes das coisas e peca em não prestar atenção que não há nada mais belo, que as coisas mais simples existentes ao nosso redor!


Boa Tarde!!!

Jac C. disse...

Oi Marco, que texto lindo!
Vou copiar pra guardar pra mim.
Música gostosa... e tua ausência daqui.
Saudades!
De vc e da Dri.
Beijinhos.

Nil Brito disse...

Gostei do texto. vou copiar e colar no meu bloguinho...

abs

nil

ci disse...

passei...e gostei...:)

beijos incomuns da ci

hashmalim disse...

Salut!

Sem noticias seria boas noticias?

Aqui estou ouvindo sua play liste e como sempre estou adorando suas seleções; nesse momento R.Willians

Forte abraço caro amigo!

Acid Storm disse...

Obrigada pela visita, pela ajuda lah no blog... agora estou de volta!
pretendo não ficar mais tanto tempo longe dele
abraços!

sveronica disse...

Maravilhoso!

Estive ausente uns dias e deixei o blog
fechado. Estou voltando aos pouquinhos
e na medida do tempo, voltarei a comentar-vos
Quero que saibam que não vos esqueci e
que os trago sempre em meu coração
beijinhos
Menina do Rio

sveronica disse...

Meu novo cantinho:

http://recantodaalma.blogspot.com

beijo

Jonice disse...

Vim dar um beijinho e dizer que sinto tua falta.

Helena Nunes disse...

Bela escolha Marco. Muito boa. Existem frases em que nos conseguimos rever.
Bjos
(desculpa a ausência)

Um Momento disse...

Passei para te deixar um beijinho...
(*)

foryou disse...

Há sempre um valor imenso em todas as pequenas coisas, basta repararmos nelas :)

Regina disse...

Amamos seu site é lindo parabéns. Ajude nos anjo com campanha contra violencias aos nossos animais. Eu tenho 3 selos, da campanha contra violencias, vc pode colocar os 3 como tb pode colocar somente um, coloque num lugar fixo do seu site lindo, e deixe seus amigos saberem que vc não admite maustratos aos animais, principalmente os de rua. Dessa forma estará nos ajudando e muito, pois esta divulgando, e conscientizando o maior nr de pessoas possiveis, é esse nosso trabalho, conscientizar as pessoas que os animais possuem sentimento sofrem como um ser humano, e nós como nos achamos "racionais" devemos agir como o mesmo, e não como monstros, pois é isso que muitas pessoas esta fazendo, agindo, maltratando animais por puro prazer. Isso é errado, eles são como uma criança. no caso de um cãozinho de rua principalmente e dos gatinhos, a diferença é que eles sempre serão criança. Ajude nos.

Fabio disse...

Muito bonito. Gostei mesmo. :)

Abração!

Menina do Rio disse...

Hoje me vesti de Menina, vim te
trazer um beijo e te convidar
pra uma festa!
Vem dançar comigo; pelos bons tempos!

Um carinho e meu sorriso

Su disse...

Em cada sorriso dado fazemos o dia de alguém mais feliz!

Muito bom o texto!

Bjosss!!!

Teresa disse...

adorei o blog....

adoro poesias.

e vou voltar mais vezes!

=*

jotacarlos disse...

Gostei. Passarei mais vezes.
Sucesso sempre.

um abraço.

Eärwen Tulcakelumë disse...

"Se me contemplo, tantas me vejo, que não entendo quem sou, no tempo do pensamento..." (Cecília Meireles)

E por falar em saudade, onde anda você meu doce amigo!!!

Pérolas incandescentes de saudades.

Eärwen

Claudião disse...

Muito legal esse espaço aqui. Profundo o poema, faz a gente parar, refletir e se tiver vergonha na cara, mudar.

lyS disse...

Suas palavras me inspiram.

Cin disse...

Vc n volta ? :(

lurainbow disse...

psiuuuu anda dai , hoje há festa lá no blog :))
Despaxa-te olha que os smarties , xupa-xupas , chocolates e gelatinas acabam ;)
Beijinhos cheio de cores e... OBRIGADO

Gu-Gu , dá , dá lol

Depois passo com tempo para te ler , estou com saudades de o fazer . Hoje pouco tempo , tenho k convidar e leva-los para a festa :))
Bora anda dai . YUPIIIIIII

ELIANA. disse...

Oi Marco, tudo bem?Puxa, mas o seu blog, é muito legal mesmo!!Adorei!!Que mensagens lindas!!Que comentários!!Parabéns!!Voltarei mais vezes!!Tudo de bom a você!!Um abração!!

Um Momento disse...

Passei...
Deixo cair umj beijo
(*)

Vinicius disse...

Olá.Dei uma passada no teu blog, e particularmente apreciei esse texto.
É verídico e poético.Parabéns, tá bem legal o teu blog..
Abraços...

Aconchego Poético disse...

Que simplicidade! Tudo dentro dos ensinamentos cristãos . . . Leveza,
canção para ninar a alma.
Um abraço,

Oliveira