sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

Mudanças



A vida é um ciclo! “Tudo muda, o tempo todo!” Já dizia Lulu Santos...
Por vezes priorizamos algumas coisas mais e outras menos. Não que não tenha importância. Mas porque o ser humano é assim, imprevisível e mutante por natureza. Enfim, não mudamos de opinião o tempo todo? Ou não!? risos...
Rever conceitos, preceitos... Afinal de contas, mudar é preciso! Sempre!!!
Hoje este meu blog já não é tão “prioritário” pra mim, confesso! Por inúmeros motivos...
Este espaço que cuidei durante esses 8 meses, entre idas e vindas, ainda tem um lugar cativo dentro de mim. Mas não deixo mais a “escravidão” de ter que postar sempre me tomar conta. Porque a gente se torna escravos sim! O vício é inevitável e por vezes foge ao nosso controle.
Criei “A Fonte” num momento em que escrever era a melhor solução para externar meus sentimentos já que, não conseguia traduzi-los em sons e somente nas palavras encontrava um alento. Então me expressava (e ainda o faço) através de poesias, frases, crônicas... coisas das quais eu lia, gostava e que naquele determinado momento “falou por mim” e tantas vezes eu disse: “Caramba! Como eu gostaria de ter escrito isso!!!”
Porém, situações diversas aconteceram e de repente algo dentro de mim mudou. E a visão que eu tinha a respeito do meu blog já não é mais a mesma!
Penso que não devemos fazer nada por obrigação. E sim por vontade, por desejo, por tesão!
Sabe... andei triste e admito que perdi o anseio de postar aqui, por isso achei melhor fazer uma pausa.
Mas o tempo passa e como todo bom blogueiro, não pude deixar de vir às vezes para ler os carinhos deixados por vocês em cada comentário.
Aqui entrei em contato com pessoas queridas das quais hoje tenho um respeito e admiração enorme. Uma até tive a grata oportunidade de conhecer pessoalmente, não é mesmo Jac?
Se estou voltando? Nem eu mesmo sei! Quero aparecer de vez em quando... Deixar um pouco de mim e levar um pouquinho de cada um de vocês. Afinal de contas, essa ainda é a minha “fonte”! Menos abundante, porém nunca cessada...
Bom final de semana!
Marco

11 comentários:

Jonice disse...

Que coisa boa te ver hoje aqui, e melhor ainda saber que é assim, que a escolha se dá por vontade e não por obstáculos. Nenhum tipo de escravidão pode existir. Que dirá então em fazer um blog, cujo único impulso tem que ser o prazer de seu autor!

Beijos, Marco.

Menina do Rio disse...

Amigos.com

Fala-se muito em virtual ultimamente
Mas o que é essa tal virtualidade
Será que é o não ver pessoalmente
Não será o virtual, realidade?

Há ternura, encanto e alegria
Nos versos que nos chegam pelo ecrã
Tantos alegram meus dias
Enchem de luz minhas manhãs

Uns acalentam minha alma
Dizendo: não fique triste
São palavras que me acalmam
Quando meus dias são tristes

Amigos.com são tão reais
Eu os sinto, como a vida a pulsar
São flôres, companheiros leais
que enfeitam esse meu caminhar

Ps: Tudo de bom que vc me fizer, faz minha vida ficar mais bela
Pra ti, um carinho sincero e meus votos de BOAS FESTAS!

Beijo na alma

Claudinha disse...

Bah, guri! Ainda bem q não desistisse! A blogsfera ficaria um pouquinho menos iluminada, um pouquinho mais sedenta de luz.

Conheci a tua fonte através da Jac e venho curtir a música, o texto, mas é a prima vez que comento.

Que alivio q tu não desistiu daqui.

Um abraço virtual (aliviado..rss)

Em construção... disse...

Olá, novo amigo internauta!
Gostei muito do conteúdo do seu blog...
Fique com Deus!
Bjinhu!

Edna Federico disse...

Sempre venho ver se você voltou, sorriso.
Desejo um natal maravilhoso à você!
Beijos

Jac C. disse...

Querido... esta minha "mania" de blogar me trouxe a chance de sorrir ao vivo com vc e a Dri.
Senti-me meio triste qdo ambos se afastaram e ao mesmo tempo.
Mas vc tem razão em tudo que disse.
Não pode ser por obrigação ou perde a essência.
Vc nos presenteava com textos inéditos e interessantes ao menos pra mim, mas fonte que é fonte nunca seca, não é mesmo?
Ei-lo nos dando o brinde de suas próprias palavras e sentimentos.
No post que escrevi em 19 de dezembro relato um pouco sobre isto tudo aqui (blogsfera).
Importa é que estejas bem.
Eu estou pausando o blog agora porque estou indo praí, acredita?
Aos trancos e barrancos mas está sendo inevitável.
Quem sabe a gente se esbarre um dia.
Beijos em vc e manda pra Dri tb.
Feliz Natal e Boas Festas, ok?
Inté!

Poemas e Cotidiano disse...

Que belo escrito, Marco! Gostei de le-lo e de sentir essa firmeza nas palavras, e essa reflexao continua que temos sempre a respeito de tudo.
Vim aqui hoje para lhe desejar um FELIZ NATAL a voce e familia, cheio de paz, alegrias, e bencaos.
Um beijo
MARY

Carolzita! disse...

Oi Querido, que bom que voltou ao blog. Senti sua falta!

Blogar vicia mesmo, entendo seu tempo. O importante é conseguir exteriorizar aquilo que sentimos, não importando a frequência!

beijos

Roberta disse...

Que bom que voltou... gosto do q vc escreve!!

Bjks

Fada disse...

Olaaa..estava dando uma passadinha nos blogs dos meus amigos e encontrei o seu....gostei do seu pedacinho e por isso pergunto se vc gostaria de trocar links??!! Eu linko vc no FadaMutante e vc me linka, topa?!!

Por favor, me avise para que possa linkar ok?!!!

beijokas

José Oliveira Cipriano disse...

Oi, Marco!
"Mudanças" é um belíssimo depoimento. Gostei de sua sinceridade. Com certeza, você não deixará sua fonte secar, porque dentro de nosso um veio d'água jorra incessantemente e emerge em forma de poesia, de música, de canto, de atuação nos palcos dessa vida doida, que, por vezes, dá umas cambalhotas desengonçadas, mas
sempre encontramos forças para levantar ainda que meio trôpegos.
Magnífico seu depoimento!!!!!
Um grande abraço,

Oliveira