sábado, 1 de março de 2008

Está?



Todo desejo não alcançado gera uma frustração.

E essa pressa que o mundo nos impõe, por vezes não permite que tenhamos o tempo necessário para pôr nossos desejos em prática!


Ao passo que o “homem moderno” vai criando soluções imediatas para suprir suas frustrações. E nossa mente exaurida por conseqüência não acompanha o nosso corpo, que agüenta e “vai bem” a base de analgésicos, enquanto a mente padece e não suporta a correria do mundo. Logo temos de lidar com o surgimento das doenças “inventadas” do século: stress, depressão, síndrome do pânico...

O ano tem 12 meses, a semana 7 dias, o dia tem 24 hrs e há tanto para se fazer, tanto para se querer!

A humanidade está preparada para tanto?

14 comentários:

Carol Barcellos disse...

Marquinho, o ano sempre teve 12 meses, e a semana 7 dias, e a excessiva pressa de hoje nem sempre existiu. O que mudou foi que o homem "moderno" tem a tecnologia, que apesar de ser maravilhosamente útil traz efeitos colaterais, e um desses é colocar defeito no tempo. O tempo é perfeito, nós é que não sabemos usá-lo e exigimos dos outros tudo em menos tempo do que deveria realmente ser.
Beijinhos doces cristalizados!!! :o*

R Lima disse...

Esta correria moderna nos impõe conviver com frustações e alegrias que só a INTEIRA vida pode nos propor.

Eis que mesmo em face de tanto desejo o inesperado acaso no deixa frente ao "nada posso fazer".

E vive-se...

Abçs meu caro,




Texto de hoje: tUdo oU nAda...

Visite e Comente... http://oavessodavida.blogspot.com/

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Juℓi Ribeiro disse...

Marco:

o mundo nos impõe pressa.
Mas devemos aproveitar
o nosso tempo:

"DA MANEIRA CERTA"

Busca vencer no mundo, de tal jeito,
Que mágoa alguma tragas junto ao peito,
Pois a vida é uma só, não ressuscita
E, o futuro, nem ti, nem ninguém, dita.

Corre atrás de teu sonho, é o tempo estreito;
Sem machucar ninguém, luta direito;
Se há dor nessa empreitada, o amor a evita;
Ama e verás tua estrada mais bonita.

Perfeito o teu redor nunca vai ser,
Mas poderás torná-lo um paraíso
Se, inimigos, tentares não fazer.

Toda noite, dormir porque é preciso;
Todo dia, acordar dando um sorriso...
Não há modo melhor de se viver.

(Autoria de Bernardo Trancoso)

Beijo.

Humana disse...

Olá Marco,
Vivemos no séc. XXI e como tal temos que ir acompanhando a mudança."Parar é morrer", mas claro que podemos e devemos aproveitar e gerir o tempo da melhor forma possível, encontrando tempo para o que nos apraz realmente fazer.
Quanto aos medicamentos para o corpo, como sabes tb os existem para a mente. O Prozac, por exemplo foi chamado de "a pilula da felicidade".Claro que uma felicidade ilusória até porque houve casos em que quem a deixou de tomar de repente, se suicidou.Coisas da vida moderna...
Um beijinho amigo

Jonice disse...

Tomara tua conta de desejos alcançados vá só crescendo, Marquinho.
Já o tempo... gosto de lembrar das palavras do Caetano naquela canção... tempo, tempo, tempo, entro num acordo contigo...

Boa semana e um beijo :)

Luís Galego disse...

paramos pouco para pensar que a vida é apenas um instante....um abraço

Priii! disse...

a vida de hj vem com um pingo de tudo que sempre torcemos pra nunca se acontesse como ter pouco tempo e nao aproveita-lo devidamente

Estêvão Cruz disse...

Pois é... o tempo é nosso eterno aliado e inimigo! Nada podemos fazer contra ele, precisamos nos adequar as situações e viver!

Abraço! Té mais!

http://devaneiosdopoeta.blogspot.com

Paulo Roberto disse...

"será que temos esse tempo pra perder, e quem que saber, a vida tão rara...

Se pararmos, ficaremos parado no tempo, e não avancaremos junto a avançada e apressada tecnologia, então homem, corre, corre e segue em frente, depois aguenta os efeitos tristes que isso vai causar.
E o tempo não para!
Abraço, kd tu?

Carmim disse...

Mais frustrante ainda do que não ter tempo para realizar os desejos, é quando a gente tem todo o tempo mas não faz nada...

Beijos.

Nathália Affel disse...

não.

não está mesmo.

=)

Grazi Sperotto disse...

Marco!
Tô passando aqui pra dizer duas coisas:
1ª) Maravilhosos teus posts. Esse e o anterior falam tudo mesmo, essa correria desenfreada do nosso dia-a-dia... "e tudo pede calma"... é... às vezes corremos tanto que quando vemos não vivemos, só corremos... e essa tal preocupação de fazermos tudo nessas poucas 24 horas do dia está deixando o mundo (nós) loucos mesmo! e por isso a gente quer "um pouco mais de paciência"
2ª) Estou tomando a liberdade de te linkar lá no meu blog pra poder passar aqui de vez em quando e ler estas lindas palavras!
Beijos, boa semana!

Divinius disse...

Gostei de ler:)
Comenta o meu blog.
A MUZ QUE TE DEIXO É DA COR DA MINHA VIDA:)

José Oliveira Cipriano disse...

Olá, Marco!
É sempre bom estar de volta ao seu blog! Seu texto está muito massa!
Vivemos um a época de desespero coletivo, sem tempo para as pessoas, sem tempo para nós mesmos, mas é muito bom quando a gente se depara com algo bom para se ler. Meus aplausos, caro Marco!!!!!
Um grande abraço,

Oliveira